Chocolates funcionais e suplementos vegetais – melhor custo-benefício à saúde!

Diversos fatores influenciam a busca por uma alimentação mais saudável e com densidade nutricional adequada. Por isso, consumir alimentos enriquecidos ou suplementos elaborados com ingredientes selecionados pode ajudar a garantir mais saúde e promover melhorias no estado nutricional da população.

Nesse sentido, avanços na ciência e na indústria de alimentos têm buscado desenvolver snacks, chocolates e suplementos com superfoods e alimentos funcionais que otimizem a absorção de nutrientes pelo organismo, tornando-a mais eficiente. Para ser classificado como alimento funcional, este deve apresentar propriedades benéficas além daquelas nutricionais básicas e ser comercializado na forma de alimento. Quando incorporado na dieta, o alimento funcional deve ser capaz de auxiliar na proteção do organismo e na minimização dos sintomas de doenças crônicas. Isso posto, define-se como funcional, aqueles “(…) alimentos ou bebidas que, consumidos na alimentação cotidiana, podem trazer benefícios fisiológicos específicos, graças à presença de ingredientes fisiologicamente saudáveis. ” (MORAES, F.P.; COLLA, L.M., 2006; p. 110).

Exemplos de alimentos funcionais não faltam. Chocolates enriquecidos com D-ribose, cranberry e Morosil© têm nutrientes que podem promover inúmeros benefícios à saúde quando consumidos regularmente e em longo prazo. A D-ribose auxilia na produção de energia, além de contribuir para a recuperação muscular pós-exercício. Cranberry possui compostos antioxidantes, como antocianidinas, flavonoides, proantocianidinas e ácidos fenólicos que ajudam na prevenção de infecções urinárias, de úlceras estomacais e no combate aos radicais livres. Já o Morosil© ‒ extrato seco obtido do suco das laranjas-vermelhas-moro ‒ auxilia no gerenciamento saudável do peso, tem ação antioxidante, favorece o aumento da sensibilidade à insulina, ajuda no controle do colesterol total e na manutenção adequada dos triglicérides.

Ademais, suplementos de origem vegetal, à base de proteína de ervilha e arroz, também, podem contribuir para tornar a alimentação mais saudável. Além de serem alternativas àqueles de origem animal, são indicados para complementar a alimentação de praticantes de atividade física e agregar densidade nutricional à dieta de crianças, adolescentes, adultos e idosos. A ervilha é uma leguminosa proteica e rica em vitaminas, sais minerais e fibras que podem otimizar a função gastrointestinal. A proteína desta, por sua vez, além de ser excelente fonte proteica, de alta biodisponibilidade e digestibilidade, tem mostrado resultados positivos na literatura quanto à hipertrofia muscular. Segundo Babault (2015), a forma isolada da proteína de ervilha pode ser considerada um recurso ergogênico eficiente no aumento do volume muscular.

Em revisão de Pereira et al. (2017), os autores avaliaram os efeitos da suplementação regular com proteína de ervilha sobre a hipertrofia dos músculos. Foi visto que ela pode contribuir para a síntese proteica, além de ser uma fonte alternativa à alimentação de vegetarianos e veganos, idosos ou populações especiais que visam manter ou aumentar a massa muscular de forma saudável e eficiente.

Assim, o consumo de alimentos com ingredientes funcionais ou suplementos com formulações naturais e à base de vegetais, quando aconselhado por especialistas, pode contribuir para o enriquecimento da dieta e aporte de nutrientes.

REFERÊNCIAS

BABAULT, N. et al. Pea proteins oral supplementation promotes muscle thickness gains during resistance training: a double-blind, randomized, Placebo-controlled clinical trial vs. Whey protein. Journal of the International Society of Sports Nutrition, v. 12, n. 1. 2015.

GALENA. Informativo técnico. Morosil®. Disponível em:

<https://www.galena.com.br/wp-content/uploads/2017/07/morosil-1.pdf>. Acesso em: 28 set. 2018.

GUIMARÃES, M.M. et al. Utilização de chocolates ricos em polifenóis e com ação antioxidante: busca em bases de patentes. Cadernos de Prospecção, v. 5, n. 3, p. 168-177. 2012.

MORAES, F.P.; COLLA, L.M. Alimentos funcionais e nutracêuticos: definições, legislação e benefícios à saúde. Revista eletrônica de farmácia, v. 3, n. 2, p. 109-22. 2006.

PEREIRA, R.F. et al. Suplementação da proteína da ervilha como fonte alternativa para hipertrofia muscular. Lecturas: Educación Física y Deportes, v. 22, n. 233, out. 2017.

PHARMANOSTRA. Informativo técnico. Cramberry extrato: tratamento e prevenção das infecções do trato urinário. Disponível em: <http://www.gallica.com.br/arquivos/site/materia-prima/cramberry.pdf>. Acesso em: 28 set. 2018.

PHARMANOSTRA. Informativo técnico. D-ribose: produtor de energia. Disponível em:

<https://infinitypharma.com.br/uploads/insumos/pdf/d/D-Ribose_1.pdf>. Acesso em: 28 set. 2018.

Snacks enriquecidos e com ingredientes naturais

Com o ritmo acelerado do dia a dia, tem crescido a procura e o consumo de alimentos de conveniência ou snacks, isto é, aqueles caracterizados pelo rápido preparo e/ou consumo individual e de fácil acesso. No entanto a lista de ingredientes dos snacks, frequentemente, caracteriza-se pelo excesso de conservantes e corantes, pela baixa densidade nutricional,…

Chocolate com ativos – disposição no dia a dia, sono tranquilo durante a noite.

Cada vez mais comum no mercado, a adição de componentes e de ativos em alimentos como o chocolate, por exemplo, é feita com o intuito de aumentar a densidade nutricional de forma prazerosa, melhorar o desempenho físico e a realização de tarefas diárias, além de promover o relaxamento e o bem-estar. Nesse sentido, a D-ribose,…

Levedura nutricional: Por que prescrever?

Você já ouviu falar de Nutritional Yeast ou Levedura Nutricional? Conhece sua composição e seus benefícios? Quando e para quais pessoas ela é indicada? Se a resposta para essas perguntas é não, então, continue lendo para conhecer um pouco mais a respeito desse suplemento tão rico em nutrientes. Sabe-se que leveduras estão presentes na alimentação…